02 ago 2016

A segurança é um dos fatores primordiais para qualquer ser humano. Ela é uma das bases da pirâmide de necessidades básicas para uma vida saudável e feliz, mas o meio em que vivemos pode colocá-la em risco.

O Brasil possui taxas de criminalidade acima da média mundial. Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), a taxa suportável de homicídios anuais é de 10 mortes por 100 mil habitantes, sendo que, em 2013 foram registrados 25,8 mortes por 100 mil habitantes no Brasil. Segundo ainda o Índice de Progresso Social, o Brasil é o 11° país mais inseguro do mundo.

Florianópolis, apesar de ainda ser uma das capitais mais seguras do país, vêm tido um aumento significativo em seus índices de criminalidade. Em 2010, o crime mais comum em Florianópolis foi o furto, com cerca de 13.176 registros. Residências, comércios e condomínios também não escapam destes índices, sendo uma constante preocupação devido furtos e roubos que trazem prejuízos materiais e financeiros.

Diante estes fatores, vários métodos de segurança podem ser implantados para prevenir e até mesmo evitar a ação de criminosos e resguardar o patrimônio individual.

Um dos métodos mais eficazes é a implantação de circuitos fechados de televisão (CFTV). Podendo ser utilizado em condomínios, estabelecimentos comerciais, zonas residenciais, escolas, empresas privadas, hospitais, aeroportos, entre outros. Os CFTV’s são sistemas de televisão que distribuem sinais oriundos de câmeras com objetivo de gravar e transmitir imagens para pontos de visualização, sendo locais ou remotos e que podem também, ser configurados para disparar sistemas de alarme.

Inicialmente, os CFTV’s utilizavam tecnologia analógica, distribuindo os sinais através de cabos coaxiais para monitores CRT’s (analógicos) pontuais, o que caracteriza o nome circuito fechado. Com a evolução tecnológica, os circuitos fechados de televisão passaram a utilizar sistemas digitais para a transmissão e recebimento dos dados, ampliando vastamente a sua aplicação e a possibilidade de integração à diversos aplicativos (smartphones e computadores, por exemplo).

Uma das principais características dos circuitos fechados de televisão digital é a capacidade de registrar todas as câmeras ao mesmo tempo, evitando a ocorrência de pontos cegos durante determinados períodos de tempo. As imagens podem ser salvas diretamente no HD de um computador ou em um DVD e monitoradas via rede local ou internet. As imagens dos circuitos digitais possuem grande nitidez e detalhamento, sendo ideal para o reconhecimento de faces e características.

A plataforma além de atender as necessidades de monitoramento, é capaz de indicar movimentações em geral, objetos perdidos, oclusão de câmeras, objetos estranhos, perda de foco e sinal. Estes sistemas também possuem busca inteligente que podem selecionar eventos suspeitos, mostrar uma localização específica e as condições de todos os dispositivos do sistema.

Outra vantagem da utilização dos circuitos fechados televisivos digitais é a organização no armazenamento das imagens, uma vez que todos os registros são separados por hora, dia e mês.

As câmeras utilizadas para o vídeo monitoramento podem ser coloridas ou preta e brancas. As câmeras coloridas possuem a característica de serem capazes de registrar maior nível de detalhes, porém precisam ser instaladas em locais bem iluminados, além de serem mais sujeitas á interferências externas e perda de sinal. As câmeras preta e brancas são mais sensíveis à captação das imagens, podendo ser instaladas em locais com pouca luminosidade, porém possuem uma definição menos intensa do que as coloridas. Em suma, a instalação de câmeras coloridas é indicada para locais em que há um grande fluxo de pessoas e necessidade de detalhamento, enquanto as câmeras preta e brancas são indicadas para garagens, escadas e locais em que há pouca luminosidade e menor necessidade de detalhamento das imagens.

Existem dois tipos de circuito fechado de TV, o digital e o analógico, sendo que o digital é o mais moderno e o mais recomendado para residências, condomínios, comércios e etc. O digital não tem a necessidade de fita de vídeo, sendo possível trabalhar via internet, mandando assim suas informações para um banco de dados remoto, isso é muito importante, pois por exemplo, o ladrão não tem a possibilidade de roubar o local tranquilamente e quando for sair, levar a fita de vídeo junto, assim não deixando rastros. Também, o digital, tem a capacidade de registrar todas as câmeras no mesmo momento, coisa que o analógico não consegue fazer, o mesmo registra uma câmera por vez.

Pode ser feito um comparativo entre circuito fechado de TV digital e analógico.

Circuito Fechado Digital:

  • Gravação em até 120 quadros por segundo;
  • Gravação continua sem a necessidade de intervenção humana;
  • Grava por detecção de movimento sem precisar de sensores;
  • As imagens são organizadas por hora/data para eventuais consultas futuras;
  • Fácil impressão e publicação das imagens via e-mail;
  • As imagens possuem marca d’água para evitar alterações ou edições;
  • Possui senha de acesso;
  • As imagens podem ser transmitidas via modem – modem, internet, rede local(LAN) e monitores de TV’s via antena coletiva de TV;
  • Envio de mensagens a pagers ou arquivos WAV(arquivo de som) pré-estabelecido via telefone quando o detector de movimento é acionado;
  • O computador continua a gravar as imagens enquanto se assiste as imagens do mesmo;

Circuito Fechado Analógico:

  • Gravação em até 4 quadros por segundo;
  • Troca de fita a cada 24H ou menos;
  • Perda de qualidade pelo uso da fita cassete;
  • Grava em tempo corrido, ou necessita de sensores de presença adicionais para gravar por detecção de movimento;
  • As imagens são de difícil localização;
  • Caso seja necessário imprimir ou publicar as imagens, é necessário contratar um profissional que manipule-as;
  • Não possui controle;
  • As imagens podem ser transmitidas apenas para TV’s via antena coletiva;
  • Não possui recursos similares;
  • É obrigatório parar a gravação caso queira assistir as imagens;

Como se diz, uma imagem vale mais que mil palavras, a instalação de um sistema fechado de TV aumenta consideravelmente a segurança de uma localidade, aumenta também as chances de conseguir provas caso necessário, registrando o fato como aconteceu, valendo, inclusive, como prova criminal. Muitas são as vantagens dessa poderosa ferramenta que, aliada as pessoas, pode melhorar muito a vida e bem estar. Além de tudo, um sistema acaba intimando qualquer delinquente com pensamentos maliciosos. Também vale lembrar que a manutenção é barata, facilitando o trabalho e dando pronta resposta quando necessário, dando auxilio de controle de pessoas, mercadorias e veículos. Enfim, as vantagens são inúmeras, e, levando em consideração o custo-benefício, esse é um investimento muito valido para qualquer localidade, dês de residências até grandes industrias e até mesmo fazendas pela facilidade de instalação nos mais diversos lugares.

Fontes:
Tudo sobre Segurança
New Line Segurança
Maxalarme
Automsolution
Okey
Eletel