24 mar 2017

  O aumento de equipamentos eletrônicos caros, tal como o computador, nos ambientes domésticos gerou uma preocupação quanto ao dano em cada um desses aparelhos no que diz respeito a problemas derivados da rede elétrica. Com essa preocupação, surgiram alternativas de amenizar surtos de tensão, frequência e corrente elétrica. Duas dessas alternativas são melhores pro bolso, porém menos seguras, tal como o filtro de linha e o estabilizador, e a outra é mais cara, porém mais ideal pra proteção e filtragem da rede elétrica, que é o caso dos nobreaks. Neste artigo iremos explicar as diferenças e funcionalidades de cada um desses três equipamentos.

Filtro de Linha

  Os Filtros de Linha, também conhecidos como “Régua” são os mais simples entre os equipamentos citados, são normalmente confundidos com um extensor de tomadas, porém, além de terem esse papel, também possuem um fusível que queima com o aumento repentino da corrente elétrica, evitando a queima de outros componentes conectados, por isso, na hora de comprar uma régua, é importante verificar se ela possui proteção contra surtos ou se ela é apenas um extensor comum.

Estabilizadores

  O Estabilizador é um equipamento conhecido no mercado, principalmente por seu uso nos computadores de mesa(desktops), que tem componentes que queimam com facilidade. Além de ter a mesma utilidade do filtro de linha, ainda tem como papel principal estabilizar a tensão do circuito da rede, como o próprio nome sugere. O aparelho também conta com um transformador de tensão de 220 para 110, que é a tensão normalmente usada nos computadores.

Nobreaks

  Nobreaks possuem todas as funcionalidades dos outros equipamentos, porém conta com baterias internas que ativam quando ocorre queda de energia, para poder salvar os arquivos e desligar o computador com segurança. São considerados os mais ideais para qualquer tipo de surto elétrico, porém são os mais caros, custando mais que o dobro de um estabilizador. Estes nobreaks possuem dois modelos, o online e o offline, o primeiro é mais caro, e recarrega a bateria ao mesmo tempo que manda energia da própria bateria para os equipamentos conectados e o segundo ativa o uso da bateria assim que é interrompida a transmissão de energia.

  Na teoria tanto os Filtros de Linha e os Estabilizadores funcionariam bem, melhorando a qualidade das redes elétricas, porém, de acordo com o Doutor em Eletrônica de Potência Eduardo Romaneli, em uma entrevista para o Tecmundo, os estabilizadores não são capazes de corrigir as tensões em casos de altos níveis de poluição, e até possuem casos em que o Equipamento piora a qualidade da rede. Ele também afirma que hoje em dia as fontes de alimentação são criadas para atuar automaticamente nas tensões de 110 e 220 Volts, tornando desnecessário o uso do estabilizador. O que funciona muito bem em todas as frentes de proteção é o nobreak online, que por levar energia das próprias baterias ao computador, consegue estabilizar a tensão e corrente da forma mais eficiente, sem depender da estabilidade da rede elétrica comum, essa, apesar de ser a mais cara, é com certeza a alternativa mais segura.