11 abr 2017

 Todos os aparelhos comercializados atualmente no Brasil, como celulares, tablets, geladeiras, computadores, entre outros aparelhos eletrônicos devem ter um plugue com o novo padrão brasileiro de três pinos.

 Um dos pinos é o de alimentação, ou seja, o fase. O outro é o neutro e o terceiro, localizado no centro é o pino terra. Ele tem como função isolar a energia que não é utilizada no funcionamento do equipamento e que mesmo assim está circulando por ele,proporcionando assim, o aterramento da carcaça do equipamento.

 Se ocorrer uma variação na rede elétrica, como por exemplo, no caso de uma descarga atmosférica, os aparelhos que não possuem aterramento não conseguem dissipar a energia extra e isso pode queimar componentes internos e até mesmo causar um choque ao indivíduo que estiver utilizando o equipamento.

 É muito comum retirar o terceiro pino quando não se possui tomadas compatíveis, porém isso é um erro que pode causar sérios danos, ao fazer isso a probabilidade da ocorrência de problemas aumenta, tendo em vista que o aparelho fica exposto aos surtos da rede.

 Também é comum a utilização de adaptadores quando a mudança das tomadas não é viável no momento, entretanto o equipamento continuará desprotegido, pois o adaptador conecta os dois pinos na rede, enquanto o terceiro ( que é o terra) não é conectado a nada. Caso deseje utilizar adaptadores, tome cuidado para obter os homologados pelo INMETRO, e não o multiplicador de tomada comum, também conhecido como benjamin, que deixa o terceiro pino para fora ou com espaço de ar, pois neste caso ele não estará cumprindo sua função.

 O engenheiro eletricista Fábio Nunes afirma que “O benjamin não é seguro porque multiplica os pontos de alimentação de energia, ocasionando o aumento da corrente elétrica, o que pode causar sobrecargas. Além disso, ao conectar um equipamento com plugue de três pinos em um benjamin, e, acidentalmente, encostar no pino Terra, o corpo do indivíduo está sujeito a servir como aterramento se o aparelho estiver com algum problema interno”.

 Segundo a norma NBR 14136 além da utilização do padrão para os plugues e tomadas, é fundamental que a edificação possua um sistema de aterramento, pois é por este meio que a energia extra é dissipada, evitando assim descargas elétricas (choques) e queima de eletrodomésticos.

 O INMETRO possui uma cartilha que orienta ao uso de adaptadores e do plugue, para maiores informações consulte o link: http://www.inmetro.gov.br/qualidade/pluguestomadas/cartilha.asp